SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 issue6Restriction pattern of a hemagglutinin gene amplified by RT-PCR from vaccine strains and wild-type canine distemper virusIn vitro evaluation of canine spermatozoa cryopreserved in different extenders author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

FRENEAU, G.E.; VALE FILHO, V.R.; MARQUES JR., A.P.  and  MARIA, W.S.. Puberdade em touros Nelore criados em pasto no Brasil: características corporais, testiculares e seminais e de índice de capacidade andrológica por pontos. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2006, vol.58, n.6, pp. 1107-1115. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352006000600020.

Foram utilizados 23 touros da raça Nelore entre os 10 e 20 meses de idade, para caracterizar o desenvolvimento puberal. Os animais foram criados em condições extensivas com alimentação em pasto e suplementação mineral. A cada duas ou quatro semanas foram realizadas colheitas de dados que incluíram medidas de peso corporal, circunferência torácica, comprimento e largura testicular e circunferência escrotal. Foram, também, colhidos ejaculados pela eletroejaculação e avaliados os aspectos físicos e morfológicos. No momento da colheita de sêmen foram aferidas as porcentagens de desprendimento entre pênis e prepúcio e determinadas as idades médias ao desprendimento total (IDPPRE). Foram determinadas as idades médias ao aparecimento dos primeiros espermatozóides (ISEM1) e dos primeiros espermatozóides móveis (ISEM2) no ejaculado, e a puberdade seminal (IDPUB). Estabeleceram-se os índices de capacidade andrológica por pontos (ICAP). Os touros Nelore apresentaram idades médias ISEM1, ISEM2 e IDPUB de 13,1±2,2, 13,6±2,3 e 14,8±1,8 meses, respectivamente, e IDPPRE de 18,1±1,9. Aos 16 meses de idade, o grupo apresentou 91,4%, 82,6% e 73,9% dos animais com ISEM1, ISEM2 e IDPUB manifestada, respectivamente. Observou-se correlação positiva entre idade dos touros e as características de crescimento corporal, testicular, aspectos físicos dos ejaculados e correlação negativa entre a idade dos touros e os defeitos espermáticos. Observou-se correlação negativa entre a idade dos touros e a pontuação para circunferência escrotal no ICAP à puberdade (-0,77; P<0,001). Touros da raça Nelore, criados a pastos, manifestaram a puberdade precocemente antes dos 15 meses de idade. Houve um período de 51 dias desde o aparecimento dos espermatozóides no ejaculado, até a puberdade seminal. A puberdade foi mais precoce nos touros jovens com maiores testículos.

Keywords : bovino; Nelore; puberdade; testículo; sêmen; circunferência escrotal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese