SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 número2Variabilidade da freqüência cardíaca em cães anestesiados com infusão contínua de propofol e sufentanilMicroalterações da glândula terceira pálpebra em cães com cinomose e acometido por ceratoconjuntivite seca índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

versão impressa ISSN 0102-0935

Resumo

CASTRO, T.X. et al. Aspectos clínicos e epidemiológicos da enterite por parvovírus canino (CPV) no estado do Rio de Janeiro: 1995-2004. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2007, vol.59, n.2, pp. 333-339. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352007000200010.

Este trabalho relata os aspectos clínicos e epidemiológicos da infecção pelo CPV no Estado do Rio de Janeiro, no período de abril de 1995 a março de 2004. Coletaram-se 341 amostras fecais de cães com até seis meses de idade que apresentavam gastrenterite. O diagnóstico da infecção pelo CPV foi confirmado através dos testes de hemaglutinação/inibição da hemaglutinação, ensaio imunoenzimático, isolamento viral em cultura de células ou reação em cadeia pela polimerase. Cento e cinqüenta e sete amostras (46%) foram consideradas positivas para CPV. Não foi observada correlação entre sexo, raça ou idade e a ocorrência da infecção por CPV. Os sinais clínicos clássicos de parvovirose (vômito, anorexia, apatia e diarréia líquida hemorrágica) foram observados em 70% dos animais positivos e 60% dos animais negativos para CPV. O CPV foi detectado ao longo do período estudado, entretanto observou-se um aumento do número de casos positivos nos períodos de junho a setembro e novembro a dezembro. Estes resultados mostram que o CPV ainda circula no Estado do Rio de Janeiro.

Palavras-chave : parvovírus canino (CPV); Rio de Janeiro; sinais clínicos; enterite.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês