SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue6Assessment of different vaccination approaches against Newcastle disease virus in domestic backyard poultryThe use of probiotic Efinol®L during transportation of tambaqui (Colossoma macropomum) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

FREITAS, S.H. et al. Aspectos morfológicos, morfométricos e ultraestruturais do baço de ratos após o clampeamento total do pedículo hepático. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2009, vol.61, n.6, pp. 1314-1321. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352009000600010.

Avaliaram-se as alterações morfológicas, morfométricas e ultraestruturais que ocorreram no baço devido à isquemia produzida pelo clampeamento total do pedículo hepático. Para tanto, foram utilizados 40 ratos machos, distribuídos em quatro grupos de 10 animais. O grupo-controle (C) não foi submetido à isquemia, e os grupos tratados (E1, E2e E3) foram submetidos ao clampeamento por 10, 20 e 30 minutos, respectivamente. Fragmentos do baço foram retirados e analisados histologicamente pela microscopia de luz (hematoxilina-eosina, ferrocianeto-férrico) e pela microscopia eletrônica de transmissão. Os resultados demonstraram que 10 minutos de clampeamento do pedículo hepático são suficientes para apresentar sinais de congestão esplênica e 20 e 30 minutos promovem intensa digestão de hemácias pelos macrófagos, com presença de grânulos de ferro (hemossiderina) no parênquima esplênico.

Keywords : rato; baço; clampeamento; pedículo hepático; hemossiderina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese