SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue1In situ dry matter degradability of three tropical forages of green chopped and ensiled formsReplacement of corn meal by mango in the dietary in performance of fingerlings of Nile-tilapia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

PAULA, C.C.L. et al. Estrutura do dossel, consumo e desempenho animal em pastos de capim-marandu sob lotação contínua. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2012, vol.64, n.1, pp. 169-176. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352012000100024.

Avaliaram-se o valor nutritivo, a estrutura do dossel, a ingestão de forragem e a produção animal de novilhos em pastos de capim-marandu submetidos a três intensidades de pastejo. O delineamento experimental foi de blocos completos ao acaso, com duas repetições e três intensidades de pastejo, representadas pelas alturas do pasto de 15, 30 e 45cm. Mensalmente, os pastos foram amostrados para as estimativas das características estruturais do dossel e o valor nutritivo da forragem. A ingestão de matéria seca pelos animais foi estimada no verão e no outono de 2008. A oferta de forragem decresceu à medida que aumentou a intensidade de pastejo. Pastos manejados com 15cm de altura apresentaram maior valor nutritivo e estrutura do dossel mais favorável à apreensão de forragem pelos animais. A oferta limitou a ingestão de forragem no pasto com 15cm de altura, consequentemente se verificaram menor ganho de peso e maior taxa de lotação. Foram observados ganhos por área semelhantes nos pastos com 15 e 30cm, e ganhos mais elevados no pasto com 45cm. Durante o período das águas, o capim-marandu deve ser utilizado entre 15 e 30cm de altura sob lotação contínua.

Keywords : Brachiaria brizantha; cerrado; intensidade de pastejo; taxa de lotação; valor nutritivo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese