SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 número1Replacement of corn meal by mango in the dietary in performance of fingerlings of Nile-tilapiaProductive performance of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) fed at different frequencies and periods with automatic dispenser índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

versión impresa ISSN 0102-0935

Resumen

BUENO, G.W. et al. Digestibilidade do fósforo em dietas como estratégia nutricional para redução de efluentes da tilapicultura. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2012, vol.64, n.1, pp. 183-191. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352012000100026.

Avaliou-se a digestibilidade do fósforo em dietas isoproteicas e isoenergéticas contendo 28% de proteína bruta e 3000kcal de ED/kg com porcentagens de 0,8 e 1,2% de fósforo total para juvenis de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus). Os parâmetros de qualidade da água apresentaram diferenças significativas (P<0,05) para o fósforo total, ortofosfato, DBO5 e condutividade. A digestibilidade das dietas foi de 75,3% para os peixes alimentados com 0,8% de fósforo total e de 77,5% para os alimentados com 1,2% de fósforo total. As taxas de eficiência da absorção do fósforo foram de 74,8% e 76,3% para as tilápias alimentadas com 0,8% e 1,2% de fósforo, respectivamente. O aumento do percentual de 0,4% de fósforo na dieta levou ao acréscimo de 55% de fósforo na água. Dessa forma, a utilização de valores abaixo de 0,8% de fósforo total é uma estratégia que auxilia na redução do impacto causado pelos efluentes oriundos da criação de peixes, sem comprometer a eficiência do aproveitamento das dietas pelas tilápias.

Palabras llave : aquicultura sustentável; capacidade suporte; fósforo; manejo nutricional; Oreochromis niloticus.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués