SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 número2Reproductive parameters of Santa Inês ewes submitted to short-term treatment with re-used progesterone devicesEfeitos da aplicação de prostaglandinas intervaladas de 10 dias sobre características reprodutivas de cabras leiteiras nulíparas cíclicas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

versión impresa ISSN 0102-0935

Resumen

SOUZA, D.M.B. et al. Identificação de mutações nos exons 4 a 8 do gene p53 supressor de tumor em glândulas mamárias caninas. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2012, vol.64, n.2, pp. 341-348. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352012000200013.

Para estudar as mutações nos exos 4 a 8 do gene p53, foram utilizados 15 tumores mamários, mamas normais das mesmas cadelas e seis mamas de cadelas normais. O DNA extraído das amostras de tecido foi sequenciado e analisado para a presença de mutações. Em 71,8% das amostras obtidas foram observadas mutações, sendo as "missense" as mais frequentes. Os exons mais comprometidos foram 5, 7 e 8 com 23,4, 31,6 e 23,4% de mutações, respectivamente. O estudo conclui que tumores mamários caninos têm relação com mutações no gene p53 e que as mutações ocorrem com maior frequência nas regiões da proteína que estão ligadas ao DNA no núcleo celular. Isto pode alterar a funcionalidade da proteína e propiciar o crescimento do tumor. As mamas adjacentes aos tumores, apesar da aparência macroscópica normal, apresentaram mutações, que podem representar recidivas se a mama não for retirada juntamente com o tumor.

Palabras llave : cadela; DNA; mama; biologia molecular; neoplasia; PCR.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés