SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue5Orthopedic exam differences in awake and anaesthetized dogs with medial patellar luxationBiocompatibility and biodegradability of poly-latic-co-glycolatic microparticles in the infectious keratitis in rabbits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

PERCHES, C.S. et al. Uso do colírio de Citrus lemon em úlceras de córnea induzidas em coelhos. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2012, vol.64, n.5, pp. 1161-1168. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352012000500012.

Avaliaram-se e compararam-se clinicamente os efeitos de colírios de Citrus lemon (CL) na reparação de úlcera corneal superficial. Foram utilizadas 50 coelhas, distribuídas em cinco grupos experimentais de 10 animais cada. Após a indução da úlcera, três grupos foram tratados com colírios de CL, nas concentrações de 1,5% (GL1,5), 3% (GL3) e 5% (GL5). Um quarto grupo foi tratado com Tween 80 a 8%, diluente utilizado na produção dos colírios de CL, e o quinto grupo, controle, recebeu substituto da lágrima. Os grupos foram distribuídos em dois subgrupos de cinco animais; assim, o primeiro (M1) foi avaliado após 24 horas, e o segundo (M5) após cinco dias. Não houve diferença entre os tratamentos quanto aos sinais clínicos secreção, hiperemia conjuntival, quemose e opacidade corneal. A extensão da úlcera corneal diminuiu, de forma significativa, em todos os grupos no M5, com exceção do GL3, o qual apresentou menor mediana quanto à extensão no M1. O colírio de óleo essencial de Citrus lemon pode ser utilizado no tratamento de ceratites ulcerativas superficiais, sem induzir irritação conjuntival, favorecendo a reepitelização corneal.

Keywords : coelho; limão-siciliano; ceratite ulcerativa; Rutaceae; óleo essencial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese