SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 issue5Use of Citrus lemon eyedrops in corneal ulcers induced in rabbitsSmall breed dogs with confirmed stroke: concurrent diseases and sonographic findings author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

RANZANI, J.J.T. et al. Biocompatibilidade e biodegradabilidade de micropartículas de poli-lactato-co-glicolato na ceratite infecciosa em coelhos. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2012, vol.64, n.5, pp. 1169-1176. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352012000500013.

Avaliaram-se a biocompatibilidade e a biodegradabilidade do sistema de liberação controlada de poli-lactato-co-glicolato (PLGA) no tratamento com ciprofloxacina das ceratites por Staphylococcus aureus em coelhos. Foram utilizados 20 coelhos, distribuídos em quatro grupos (G). Os animais dos G1, G3 e G4 foram inoculados com 2,5µL da bactéria - 108UFC, no estroma corneano. Os do G2 não receberam a aplicação do inóculo. O tratamento foi realizado com solução salina básica para os animais do G1, micropartículas de PLGA contendo ciprofloxacina nos animais dos G2 e G4 e colírio de ciprofloxacina naqueles do G3. Suabe e biópsia da superfície ocular foram coletados para cultura. Apenas um animal do G1 apresentou cultura positiva para S. aureus. Exame histológico revelou a presença bacteriana em todos os animais do G1 e em dois animais do G3. Também foi constatada reação inflamatória no local da aplicação do sistema de liberação controlada. O tratamento com micropartículas de PLGA foi eficiente no tratamento de ceratites bacterianas, ao eliminar por completo a presença do S. aureus, mas entretanto não foi completamente biocompatível e biodegradável após cinco dias.

Keywords : coelho; sistema de liberação controlada; ceratite; poli-lactato-co-glicolato; Staphylococcus aureus.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese