SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Histopathology of reproductive organs and bladder of culled sowsComparison of two treatment protocols of experimentally induced keratoconjunctivitis sicca in rabbits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

SOARES, O.A.B. et al. Comparação da máxima fase estável do lactato com a V2, V4, o limiar anaeróbio individual e lactato mínimo em equinos. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2014, vol.66, n.1, pp.39-46. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352014000100007.

O limiar anaeróbio é um evento fisiológico estudado em várias espécies. Sua mensuração possui vários métodos reconhecidos na literatura da fisiologia do exercício humano e equino, muitos deles envolvendo a relação entre a concentração sanguínea de lactato (LAC) e a carga de exercício. O objetivo do presente estudo foi comparar quatro desses métodos: V2 , V4 , limiar anaeróbio individual (LAI) e o teste do lactato mínino (LM) com o método reconhecido na literatura como o padrão ouro para a mensuração do limiar anaeróbio, a máxima fase estável do lactato (MFEL). Os cinco testes foram realizados em treze equinos árabes treinados, nos quais as velocidades e suas respectivas LAC puderam ser quantificadas. As velocidades médias e LAC associadas ao limiar anaeróbio aferido pelos cinco métodos foram respectivamente: V2 = 9,67±0,54; V4 = 10,98±0,47; VLAI = 9.81±0.72; VLM = 7,50±0,57 e VMFEL = 6,14±0,45m.s-1 ; e LACLAI = 2,17±0,93; LACLM = 1,17±0,62 e LAC MFEL = 0,84±0,21mmol.L-1. Nenhuma dessas velocidades foi estatisticamente igual à VMFEL (P<0,05). A V2 , a V4 e a VLM mostraram uma boa correlação com a VMFEL , respectivamente r = 0,74; r = 0,78 e r = 0,83, e a VLAI não se correlacionou significativamente com a VMFEL. A concordância entre os protocolos foi relativamente fraca, sendo 3,28±1,00; 4,84±0,30 e 1,43±0,32m.s-1 em termos de viés e limites de concordância a 95% para os métodos V2 , V4 e LM comparados à MFEL. Muitos autores relataram a possibilidade da mensuração do limiar anaeróbio pelo uso de protocolos rápidos, como a V4 e o LM, para humanos e equinos. O presente estudo corrobora a utilização desses testes, mas revela que ajustes nos protocolos são necessários para se obter uma melhor concordância entre os mesmos e a MFEL.

Keywords : fisiologia do exercício equino; limiar anaeróbio; máxima fase estável do lactato.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License