SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 issue1Deleafed sugarcane and performance of heifers and dairy cowsRadioisotope and mathematical modeling in the assessment of supplementation of Phytase in diets for growing pigs author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

CIRNE, L.G.A. et al. Comportamento ingestivo de cordeiros em confinamento, alimentados com dieta exclusiva de concentrado com diferentes porcentagens de proteína. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2014, vol.66, n.1, pp.229-234. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352014000100031.

O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o comportamento ingestivo de cordeiros em confinamento, alimentados com dieta exclusiva de concentrado com diferentes porcentagens de proteína (14, 16, 18 e 20%). Foram utilizados 24 cordeiros mestiços da raça Santa Inês, não castrados, com aproximadamente 180 dias de idade, peso vivo médio de 25kg, confinados, num delineamento experimental inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. O tempo despendido na atividade de alimentação decresceu linearmente em 0,20 hora/dia para cada 1% de aumento na porcentagem de proteína na dieta; o de ócio aumentou linearmente em 0,25 hora/dia; e o de mastigação total reduziu linearmente em 0,25 hora/dia. A elevação da porcentagem de proteína na dieta elevou linearmente a eficiência de alimentação (kg MS e FDN/hora), em 0,038 e 0,005kg/hora, respectivamente, para as frações MS e FDN. Contudo, os consumos de matéria seca (MS) e fibra em detergente neutro (FDN), a eficiência de ruminação (kg MS e FDN/hora), assim como o período (nº/dia) e o tempo (min) gasto por período de alimentação, ruminação e ócio não foram influenciados pelas diferentes porcentagens de proteína na dieta.

Keywords : ovelha; alimentação; etologia; ruminação; ócio.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License