SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue2Estudo geofísico de vazamento controlado de álcool combustível em escala laboratorial author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Geofísica

Print version ISSN 0102-261X

Abstract

D'AQUINO, Carla de Abreu; ANDRADE NETO, João Silva de; BARRETO, Guilherme Algemiro Manique  and  SCHETTINI, Carlos Augusto França. Caracterização oceanográfica e do transporte de sedimentos em suspensão no estuário do Rio Mampituba, SC. Rev. Bras. Geof. [online]. 2011, vol.29, n.2, pp. 217-230. ISSN 0102-261X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-261X2011000200001.

O Rio Mampituba drena uma área de 1.200 km2, nasce na Serra Geral e desemboca no Oceano Atlântico junto à cidade de Torres, após percorrer cerca de 62 quilômetros. Apresenta vazão média de 18,6 m3.s-1, profundidade média de 4 m e está sob regime de micromarés. Em 17 de maio de 2008 foi realizada uma campanha durante dois ciclos de maré (25 horas), quando foram registrados dados de correntes, salinidade e concentração de sedimentos em suspensão. Durante a campanha o nível de água no estuário do Rio Mampituba mostrou tendência de diminuição e a altura da maré foi de 0,4 m, apresentando assimetria com predominância de enchente. O padrão de correntes no estuário foi bidirecional, com velocidade média de vazante de 0,33 e enchente de 0,13 m.s-1. A estratificação no estuário acompanhou a subida da maré, com um avanço da cunha salina até aproximadamente 5 km estuário adentro. O transporte de sal total no estuário foi de 1,11 kg.m-1.s-1 no sentido estuário afora. A componente da descarga fluvial foi responsável por 98% do transporte de sal para fora do estuário, enquanto o transporte estuário adentro teve participação de 51% da circulação gravitacional, 26% da correlação da maré e 19% do bombeamento da maré. O transporte de sedimentos em suspensão foi devido principalmente à circulação gravitacional, representando 83% do transporte total. A hidrodinâmica do estuário do Rio Mampituba responde como umestuário altamente estratificado dominado pelo rio.

Keywords : circulação; transporte advectivo; processos de transporte.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese