SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue4Schistosomiasis mansoni in Bahia, Brazil: historical trends and control measuresCitizenship, community participation, and health as seen by health care professionals: a case study in public health services author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

NASCIMENTO, Maria da Graça F.; CULLOR, James S.  and  SELSTED, Michael E.. Ação in vitro de peptídeos naturais (defensinas) sobre Listeria monocytogenes. Cad. Saúde Pública [online]. 1994, vol.10, n.4, pp. 440-445. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000400003.

Amostras de água destilada, autoclavadas, foram inoculadas com L. monocytogenes cepa V7 e cepa VPH-1, e incubadas, aerobicamente, a 30ºC por 48 horas. Cada cepa foi testada individualmente, e determinou-se curvas de crescimento a 1, 2, 3, 4, 5, 21, 24, e 48 horas. O crescimento ou sobrevivência das duas cepas foi semelhante e encontrou-se sobreviventes em 24 horas de incubação. Examinou-se a atividade bactericida de um dos peptídeos catiônicos sintéticos (NP-2) contra L. monocytogenes cepa V7, em sistema aquoso. A atividade antibacteriana de NP-2 (1, 5, and 10µg/ml) foi melhor aos 60 minutos de incubação, com 10µg/ml de peptídeo, a 30 C.

Keywords : Listeria monocytogenes; Defensinas; Controle; Peptídeo Microbicida.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English