SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número3Air pollution and living conditions: a geographical analysis of health risk in Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Cadernos de Saúde Pública

versión impresa ISSN 0102-311X

Resumen

COLACO, Waldêny; SILVA FILHO, Sandoval Vieira da; RODRIGUES, Dália dos Prazeres  y  HOFER, Ernesto. Vibrio cholerae O1 em amostras de ambientes aquáticos e de alimentos analisados no Estado de Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 1998, vol.14, n.3, pp. 465-471. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1998000300002.

No período de 1992 a 1994, foram analisadas 2.585 amostras de águas de diferentes ecossistemas, acrescidas de 91 espécimens de alimentos visando ao monitoramento de Vibrio cholerae O1 no Estado de Pernambuco. Nas 2.676 amostras foram detectadas 193 cepas de Vibrio cholerae O1 (7,21%) com predominância do sorovar Inaba (183-94,8%) sobre Ogawa (10-5,1%), todas classificadas no biotipo El Tor e sensíveis à tetraciclina. Numa parcela de setenta amostras selecionadas ao acaso, mas incluindo todas do sorovar Ogawa, foi evidenciada a produção de toxina colérica. A maior incidência do vibrião colérico em águas de rios, canais e de esgoto, representando 86% dos isolados, indicou a contaminação fecal por excretores como a causa preponderante na disseminação da bactéria nos sistemas aquáticos. Assinala-se a discreta ocorrrência de V. cholerae O1 nos alimentos processados (2,1%).

Palabras llave : Cólera; Vibrio cholerae; Contaminação de Alimentos; Contaminação Biológica; Poluição Ambiental.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués