SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue3Rotavirus infection in Brazil: epidemiology and challenges for control author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ANDRE, Paulo Afonso de et al. Epidemiologia ambiental aplicada à poluição atmosférica urbana: uma contribuição do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental (LPAE). Cad. Saúde Pública [online]. 2000, vol.16, n.3, pp. 619-628. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2000000300011.

A investigação sobre os efeitos da exposição humana à poluição ambiental iniciou de maneira sistemática, com abordagem científica, apenas no século XX, como conseqüência de uma série de acidentes ambientais percebidos por um significativo aumento na mortalidade e com a realização de estudos epidemiológicos observacionais e toxicológicos em animais. Tais estudos têm se concentrado nos países considerados desenvolvidos. Este artigo relata a experiência do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental (LPAE), da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no estudo dos mecanismos fisiopatológicos do sistema respiratório em face da exposição aos poluentes, utilizando abordagens experimentais e toxicológicas, complementadas com estudos epidemiológicos observacionais na cidade de São Paulo. Descreve como esses estudos se inserem no panorama mundial, convergindo para um consenso de que a poluição do ar é prejudicial à saúde pública, e que esses efeitos são observados inclusive em concentrações de poluentes abaixo dos limites estabelecidos pela legislação ambiental em vigor, fornecendo dados valiosos para subsidiar a tomada de decisões políticas e econômicas para a melhoria do meio ambiente.

Keywords : Estudos de Coortes; Estudos de Casos e Controles; Poluição do Ar; Poluição Ambiental.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English