SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número5Spatial statistical methods in healthUrban hospital markets: a methodological approach índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Cadernos de Saúde Pública

versión impresa ISSN 0102-311X

Resumen

SANTOS, Simone M.  y  NORONHA, Claudio P.. Padrões espaciais de mortalidade e diferenciais sócio-econômicos na cidade do Rio de Janeiro. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.5, pp. 1099-1110. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000500012.

A análise de situação de saúde tem sido usada para compreender a complexidade dos fenômenos que envolvem a saúde e contribuir para a tomada de decisão em relação a políticas públicas. Este trabalho analisa as relações espaciais entre os padrões de mortalidade da cidade do Rio de Janeiro (1996-1998) e o perfil sócio-econômico dos bairros, criados com base nos dados do IBGE (1991 e 1996). Mediante o método de aglomeração K-means, constituíram-se quatro grupos sócio-economicamente homogêneos e posteriormente analisou-se a distribuição dos indicadores de mortalidade nos diferentes estratos. A mortalidade geral, a por doenças circulatórias, a por causas mal definidas e a por causas externas foram as que apresentaram maiores diferenças entre os grupos sócio-econômicos. O padrão espacial dos estratos sócio-econômicos retratou as diversas condições de vida dos cariocas implicando padrões de mortalidade específicos. Os estratos sócio-economicamente mais favorecidos apresentaram um perfil de baixa mortalidade para todas as causas.

Palabras llave : Análise Espacial; Mortalidade; Indicadores Sociais.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués