SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número5Estudo de coorte de nascimentos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1982-2001Haemophilus influenzae tipo b: situação epidemiológica no Estado de Minas Gerais, Brasil, 1993 a 1997 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

MENDOZA-SASSI, Raúl  e  BERIA, Jorge U.. Prevalência do médico de referência, fatores associados e seu efeito na utilização de serviços de saúde: um estudo de base populacional no Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.5, pp.1257-1266. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2003000500004.

Com a finalidade de estudar a prevalência do médico de referência, os fatores associados e seu efeito na utilização de serviços de saúde, foi realizado um estudo transversal, na cidade de Rio Grande, Brasil, entre janeiro e maio de 2000. Um total de 1.260 pessoas com 15 anos ou mais foram entrevistados. Calcularam-se as razões de prevalência e os intervalos de confiança de 95%, utilizando o modelo de Poisson. A prevalência de médico de referência foi de 37%. A análise ajustada mostrou uma associação direta e linear com renda. Sexo feminino, idade, seguro de saúde e problema crônico de saúde também associaram-se com o desfecho. Ter um médico de referência provocou um aumento de 51% na probabilidade de realizar um exame clínico de mama, e de 62% de realizar a prevenção do câncer de colo, durante o último ano. Nos homens, aumentou a probabilidade de realizar um exame de próstata em 98%, para o mesmo período. Pode-se concluir que a prevalência do médico de referência no Brasil é baixa e associada diretamente aos fatores sócio-econômicos. Pessoas com esta caraterística tem melhor acesso a serviços de saúde. A promoção do médico de referência na população pode melhorar o acesso aos serviços de saúde e melhorar a qualidade da atenção, especialmente nos grupos mais pobres.

Palavras-chave : Acessibilidade aos Serviços de Saúde; Continuidade de Assistência ao Paciente; Médico de Referência.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons