SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1Environment risk prevention programs and occupational health monitoring programs: audits, labor inspection, and social controlComparative analysis of cause-specific mortality for dentists in the city of São Paulo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SOTELO, Yêda de Oliveira Marcondes; COLUGNATI, Fernando A. B.  and  TADDEI, José Augusto de Aguiar Carrazedo. Prevalência de sobrepeso e obesidade entre escolares da rede pública segundo três critérios de diagnóstico antropométrico. Cad. Saúde Pública [online]. 2004, vol.20, n.1, pp. 233-240. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000100040.

Com objetivo de comparar a prevalência de obesidade infantil segundo três critérios antropométricos, foi realizado estudo transversal em oito escolas públicas estaduais na cidade de São Paulo, com crianças entre 6 e 11 anos de idade. Com base nas variáveis peso e altura, calculou-se o escore Z de P/E e o IMC. As prevalências de sobrepeso para o sexo masculino pelos critérios de Cole, Must e OMS foram de 10,92%, 10,29% e 11,94%, respectivamente, e para obesidade 8,17%, 13,67% e 10,29%. Para o sexo feminino, as prevalências de sobrepeso pelos critérios de Cole, Must e OMS foram de 13,51%, 13,83% e 13,67%, respectivamente, e para obesidade 8,25%, 16,50% e 11,73%. As variações nas estimativas de obesidade, se considerarmos os diferentes critérios, ressalta a necessidade de estudos populacionais e clínicos que orientem critério único, que além de identificar os indivíduos com maior probabilidade de excesso de gordura corporal, correlacione isto ao risco de adoecer e morrer, como ocorre com os pontos de corte 25 e 30 do IMC em adultos.

Keywords : Estudantes; Antropometria; Estado Nutricional; Obesidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese