SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Theoretical review of the work process in health care used to analyze work in the Family Health Program in BrazilSexual abuse of children and adolescents: characteristics of sexual victimization in family relations author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CZERESNIA, Dina. Ciência, técnica e cultura: relações entre risco e práticas de saúde. Cad. Saúde Pública [online]. 2004, vol.20, n.2, pp. 447-455. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000200012.

Este artigo tem como objetivo discutir conseqüências culturais dos discursos e práticas voltados à capacitação dos sujeitos para a escolha racional e informada de riscos, calculados com base no conhecimento científico. O conceito de risco epidemiológico é um dos elementos centrais deste processo, especialmente no contexto das práticas de saúde. Inicialmente é apresentada uma breve caracterização do conceito de risco epidemiológico, ressaltando que, como modelo abstrato, reduz a complexidade dos fenômenos que estuda. A apreensão da realidade mediante essa abstração gera valores e significados. A reflexão de Canguilhem sobre as relações entre ciência, técnica e vida é retomada com a perspectiva de aprofundar a compreensão das conseqüências culturais produzidas, que contribuem para a transformação das concepções clássicas de individualidade, autonomia e sociabilidade. Temas vitais cruciais, como individualidade, alteridade, relação com a morte, estão presentes (ocultos) nas questões que envolvem a nuclearidade do risco no mundo atual.

Keywords : Risco; Cultura; Prática de Saúde Pública.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese