SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Science, technique, and culture: relations between risk and health practicesFemale victims of sexual abuse: coercive methods and non-genital injuries author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

RIBEIRO, Márcia Aparecida; FERRIANI, Maria das Graças Carvalho  and  REIS, Jair Naves dos. Violência sexual contra crianças e adolescentes: características relativas à vitimização nas relações familiares. Cad. Saúde Pública [online]. 2004, vol.20, n.2, pp. 456-464. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000200013.

O objetivo deste estudo é analisar as características relativas às vitimizações sexuais intrafamiliares cometidas contra grupos etários categorizados segundo o critério de idade estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente,atendidos no Centro de Referência da Criança e do Adolescente e nos Conselhos Tutelares de Ribeirão Preto, São Paulo, no período de 1995 a 2000. Identificou-se 234 agressões cometidas por 217 agressores contra 210 famílias e 226 vítimas. Foram vitimizadas 131 crianças (48,7%) e 95 adolescentes (41,2%) com predomínio do sexo feminino. Crianças com idade entre dez anos e um mês e 12 anos incompletos foram as mais atingidas (19,5%) e nos adolescentes, entre 12 e 14 anos completos (17,3%). A maioria das vítimas reside com famílias que possuem três (19,9%) ou quatro filhos (17,7%), sendo os primogênitos os mais agredidos (33,6%). Agressores únicos vitimizaram em sua maioria apenas uma vítima (86,7%). Pais (34,2%) e padrastos (30,3%) foram os que mais agrediram, com os primeiros vitimizando mais crianças (19,7%) e os segundos, adolescentes (17,1%).

Keywords : Violência; Maus-Tratos Sexuais Infantis; Saúde Infantil; Saúde do Adolescente.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese