SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Cor/raça no Estudo Pró-Saúde: resultados comparativos de dois métodos de autoclassificação no Rio de Janeiro, BrasilAtendimento de emergência a mulheres que sofreram violência sexual: características das mulheres e resultados até seis meses pós-agressão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

DUARTE, José Luiz Muniz Bandeira  e  MENDONCA, Gulnar Azevedo Silva. Fatores associados à morte neonatal em recém-nascidos de muito baixo peso em quatro maternidades no Município do Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.1, pp.181-191. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2005000100020.

Os recém-nascidos de muito baixo peso representam a grande maioria das mortes no período neonatal, constituindo o maior percentual da mortalidade infantil no Brasil. Este estudo, do tipo longitudinal, incluiu um total de 487 recém-nascidos e propôs uma análise dos fatores associados à mortalidade em recém-nascidos de muito baixo peso até completarem 27 dias de vida. Foram calculados os riscos relativos de óbito para cada uma das variáveis estudada, e as que se mostraram estatisticamente significativas foram selecionadas para o modelo multivariado, no qual se calcularam as razões de chances (OR) com a regressão logística. Os fatores associados à diminuição do risco de morte foram: uso de corticosteróide antenatal (OR = 0,40; IC90%: 0,23-0,74) e uso de nutrição parenteral total (OR = 0,06; IC90%: 0,02-0,15). Os fatores associados ao risco de morte foram: recém-nascido do sexo masculino (OR = 2,19; IC90%: 1,27-4,00); hemorragia materna (OR = 4,28; IC90%: 1,27-14,46) e uso de ventilação mecânica (OR = 18,83; IC90%: 5,15-68,87); escore de CRIB (OR = 4,48; IC90%: 2,43-8,27) e peso ao nascimento. O uso de corticosteróide antenatal deve ser mais difundido, visando à diminuição da morbi-mortalidade neonatal.

Palavras-chave : Mortalidade Infantil; Recém-nascido de Muito Baixo Peso; Fatores de Risco.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons