SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Agrupamento da Classificação Internacional de Doenças para análise de reinternações hospitalaresAnálise de parasitos intestinais em sedimentos orgânicos coletados de sítio arqueológico belga do século XVI índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

SILVA, Alba Valéria Machado da; PAULA, Adelzon Assis de; CABRERA, Maria Alice Airosa  e  CARREIRA, João Carlos Araújo. Leishmaniose em cães domésticos: aspectos epidemiológicos. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.1, pp.324-328. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2005000100036.

Em Barra de Guaratiba, área endêmica de leishmaniose visceral americana (LVA) no Rio de Janeiro, Brasil, as campanhas de controle não têm sido capazes de reduzir a infecção canina. Este fato nos levou a aprofundar o estudo do cão como reservatório da Leishmania chagasi em ambiente periurbano, através de acompanhamento clínico e sorológico usando as técnicas de IFA e WB. O reconhecimento dos peptideos de 29 e 32kDa por soro de cães comprovadamente infectados por L. chagasi foi observado. Além disso, somente soros de cães sintomáticos reconheceram o antígeno de 68,5kDa, podendo esse peptídeo ser recomendado como parâmetro para eliminação dos cães em área endêmica. A técnica de WB provou ser mais sensível que IFA, desde que as frações peptídicas de 29 e 32kDa foram reconhecidas por soro de cães soronegativos para LVA, até 8 meses antes da soroconversão pelo IFA. A proximidade da mata foi fator relevante para aumentar o risco de infecção por L. chagasi nos cães, possivelmente devido à presença de reservatórios silvestres.

Palavras-chave : Leishmaniose Visceral; Cães; Imunofluorescência; Western Blot.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons