SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número6Avaliação crítica do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) e de sua implantação na região de Ribeirão Preto, São Paulo, BrasilPercepção de riscos no trabalho rural em uma região agrícola do Estado do Rio de Janeiro, Brasil: agrotóxicos, saúde e ambiente índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

BRITO, Cláudia; PORTELA, Margareth Crisóstomo  e  VASCONCELLOS, Mauricio Teixeira Leite de. Avaliação da concordância de dados clínicos e demográficos entre Autorizações de Procedimento de Alta Complexidade Oncológica e prontuários de mulheres atendidas pelo Sistema Único de Saúde no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.6, pp.1829-1835. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2005000600032.

Este estudo buscou avaliar a concordância dos dados clínicos e demográficos das Autorizações de Procedimentos de Alta Complexidade (APAC) em câncer de mama, do Sistema Único de Saúde (SUS), com os encontrados em uma amostra aleatória de 310 prontuários, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. A concordância foi calculada pelas estatísticas kappa (K), kappa ajustado pela prevalência (KA), kappa ponderado (KW), coeficiente de correlação intraclasse (CCIC) e freqüência relativa. Foram estimados intervalos de confiança (IC) de 95,0% e usado o critério de Landis & Koch para interpretação da concordância. Assumindo KA como a estatística mais apropriada às características das variáveis analisadas, observou-se uma boa concordância para estadiamento da doença, KA = 0,63 (IC95%: 0,56-0,70) e para diagnóstico morfológico, KA = 0,84 (IC95%: 0,72-0,96). O CCIC estimado para data de nascimento e data de diagnóstico foi de 0,96 (IC95%: 0,95-0,96) e 0,92 (IC95%: 0,90-0,94), respectivamente. Em relação ao município de residência, a concordância observada foi de 52,9%. Exceto pelo município de residência, as informações analisadas mostraram concordância com as dos prontuários, abrindo espaço para o seu uso em estudos epidemiológicos e serviços de saúde, e no planejamento em saúde.

Palavras-chave : Saúde da Mulher; Câncer da Mama; Confiabilidade e Validade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons