SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número6Vírus linfotrópico de células T-humanas do tipo II em Índios Guaraní, Sul do BrasilLeishmaniose tegumentar americana canina em municípios do norte do Estado do Paraná, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

BLAZIUS, Renê Darela; ROMAO, Pedro Roosevelt Torres; BLAZIUS, Ester Meire Costa Gouveia  e  SILVA, Onilda Santos da. Ocorrência de cães errantes soropositivos para Leptospira spp. na Cidade de Itapema, Santa Catarina, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.6, pp.1952-1956. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2005000600046.

O objetivo deste trabalho foi verificar a ocorrência de infecção por Leptospira spp. em cães errantes de Itapema, Santa Catarina, Brasil. As amostras de soro coletadas em 590 cães de rua foram testadas contra 25 sorovares de Leptospira spp. usando-se o teste de soro aglutinação microscópica. A ocorrência de anticorpos antileptospiras para um ou mais sorovares foi de 10,5%. O sorovar mais freqüente foi pyrogenes com 26 (18,0%) amostras positivas, seguido pelos sorovares canicola 20 (13,8%), icterohaemorragiae e copenhageni com 18 (12,5%), com títulos de anticorpos variando de 1:100 a 1:3.200. Considerável prevalência (10,4-11,1%) também foi detectada para os sorovares castellonis, butembo e grippothyphosa.

Palavras-chave : Leptospirose; Cães; Infecção.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons