SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número3Aplicação do teste de reação em cadeia da polimerase (PCR) no estudo da leishmaniose tegumentar americana em cães, na região noroeste do Paraná, BrasilPerfil das intoxicações em adolescentes no Brasil no período de 1999 a 2001 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

GONCALVES-SILVA, Regina M. V.; VALENTE, Joaquim G.; LEMOS-SANTOS, Márcia G. F.  e  SICHIERI, Rosely. Tabagismo no domicílio e doença respiratória em crianças menores de cinco anos. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.3, pp.579-586. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000300013.

A fumaça do tabaco no ambiente doméstico é o principal irritante do trato respiratório de crianças. Avaliaram-se os fatores associados aos sintomas e às enfermidades respiratórias, assim como a principal fonte de exposição ao tabagismo no domicílio de 2.037 crianças menores de cinco anos atendidas para vacinação em 10 dos 38 postos de saúde de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil (aproximadamente duzentas crianças por posto). Exposição ao tabagismo, a morbidade respiratória e as características sócio-demográficas foram obtidas por entrevista com o responsável pela criança. A prevalência de sintomáticos respiratórios foi de 59,9%, sendo maior para os que convivem com fumantes. A asma/bronquite foi a patologia que esteve mais fortemente associada com o tabagismo, sendo as variáveis que permaneceram associadas em modelo logístico hierarquizado: nível socioeconômico (OR = 2,93; IC95%: 1,57-5,45), escolaridade (OR = 1,46; IC95%: 1,08-1,98) e ocupação da mãe (OR = 1,68; IC95%: 1,04-2,74), distrito sanitário (RP = 1,47; IC95%: 1,06-2,02), faixa etária (OR = 3,38; IC95%: 2,31-4,95) e sexo da criança (OR = 1,46; IC95%: 1,09-1,94), aleitamento natural (OR = 1,66; IC95%: 1,15-2,40) e tabagismo dos moradores (OR = 1,58; IC95%: 1,18-2,11). Crianças pertencentes aos níveis socioeconômicos mais baixos e expostas ao tabagismo dos moradores do domicílio apresentam maior associação com a doença respiratória.

Palavras-chave : Poluição por Fumaça de Tabaco; Criança; Doenças Respiratórias.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons