SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número9Necessidade insatisfeita por métodos anticoncepcionais na Bolívia, 1998 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

FAERSTEIN, Eduardo et al. Aferição da pressão arterial: experiência de treinamento de pessoal e controle de qualidade no Estudo Pró-Saúde. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.9, pp.1997-2002. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2006000900031.

A adequação das condutas terapêuticas e a validade das inferências epidemiológicas sobre a hipertensão arterial dependem crucialmente da acurácia dos procedimentos para sua aferição. Este artigo relata a experiência dos procedimentos adotados para o treinamento e controle de qualidade da aferição da pressão arterial na Fase 2 do Estudo Pró-Saúde, conduzido entre 3.574 funcionários de uma universidade no Rio de Janeiro, Brasil, em 2001. Foram utilizados aparelhos de coluna de mercúrios e técnicas padronizadas de aferição, baseada em protocolos internacionais. Foram monitoradas a adesão dos aferidores às técnicas preconizadas, a preferência por dígitos terminais, a diferença entre aferições consecutivas e a proporção de dados faltantes. O conjunto de procedimentos utilizados contribuiu para minimizar possíveis erros sistemáticos associados à técnica auscultatória de aferição da pressão arterial, possibilitando análises válidas acerca de fatores associados à ocorrência da hipertensão arterial.

Palavras-chave : Pressão Arterial; Determinação da Pressão Arterial; Técnicas, Medidas, Equipamentos de Medição.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons