SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2Receptiveness and changes in the nursing work process in healthcare units in Campinas, São Paulo, BrazilEarly determinants of smoking in adolescence: a prospective birth cohort study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MENDOZA-SASSI, Raúl A.  and  BERIA, Jorge U.. Diferenças na morbidade referida entre sexos: evidências de um estudo de base populacional no Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2007, vol.23, n.2, pp. 341-346. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000200010.

O estudo teve como objetivo avaliar que diferenças ocorrem na morbidade referida entre homens e mulheres, utilizando seis medidas diferentes de morbidade. O estudo de tipo transversal foi realizado no Município de Rio Grande, Sul do Brasil. Foram coletados dados demográficos, sócio-econômicos de uma amostra probabilística de 1.260 pessoas com 15 anos ou mais. Para fins estatísticos foi utilizada a regressão de Poisson. Após ajustar para variáveis de confusão, observou-se que as mulheres apresentavam maior risco de referir um sintoma (RP = 3,21; IC95%: 2,71-3,83), de ter três ou mais sintomas (RP = 4,22; IC95%: 2,97-5,98), de ter um sintoma potencialmente sério (RP = 1,75; IC95%: 1,31-2,34), de apresentar uma percepção do estado de saúde pobre ou regular (RP = 1,78; IC95%: 1,37-2,32) e de sofrer de distúrbios psiquiátricos menores (RP = 1,76; IC95%: 1,31-2,37). O estudo aponta para a existência de diferenças entre os sexos na morbidade referida, mas com magnitudes diferentes conforme o tipo de medida de morbidade utilizada. Este excesso pode ser explicado pelas variações que ocorrem no comportamento na procura de cuidados em saúde (percepção e/ou informação de problemas de saúde) entre mulheres e homens.

Keywords : Gênero; Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde; Morbidade.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English