SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Atividade física em adultos e idosos residentes em áreas de abrangência de unidades básicas de saúde de municípios das regiões Sul e Nordeste do BrasilIdentificação de áreas chave para o controle de Aedes aegypti por meio de geoprocessamento em Nova Iguaçu, Estado do Rio de Janeiro, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

CHIESA, Anna M.; WESTPHAL, Marcia F.  e  AKERMAN, Marco. Doenças respiratórias agudas: um estudo das desigualdades em saúde. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.1, pp.55-69. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000100006.

Apresentam-se as desigualdades em saúde valendo-se das doenças respiratórias agudas na infância na área de abrangência de um centro de saúde na cidade de São Paulo, Brasil, para subsidiar o planejamento local de ações de promoção da saúde. O trabalho se fundamentou em estudos ecológicos que utilizam a área geográfica como unidade de análise, permitindo a comparação de indicadores de saúde e sócio-econômicos mediante dados censitários. Foram construídos indicadores de "inserção social" e de "qualidade do domicílio", gerando o "índice potencial de exposição" que reflete as condições de risco para o adoecimento por agravos respiratórios. O tratamento estatístico incluiu o agrupamento pela técnica de cluster. Foram identificados quatro grupos sociais homogêneos nas condições de risco para as doenças respiratórias agudas. Os grupos III e IV - com as piores condições sócio-econômicas - mostraram diferenciais importantes em relação aos grupos I e II. Os diferenciais de mortes por pneumonia encontrados, sugerem iniqüidades em saúde. Os resultados permitiram a localização geográfica de maior e menor concentração das carências relativas às condições de vida e a comparação entre os setores censitários para o reconhecimento de necessidades distintas, que subsidiem propostas para a articulação intersetorial.

Palavras-chave : Doenças Respiratórias; Bem-Estar da Criança; Desigualdades em Saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons