SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue7An overview of mercury contamination research in the Amazon basin with an emphasis on BrazilUse of dental care by children and associated factors in Sobral, Ceará State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CAMARGO, Eduardo Celso Gerbi et al. Mapeamento do risco de homicídio com base na co-krigeagem binomial e simulação: um estudo de caso para São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.7, pp. 1493-1508. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000700004.

O impacto da violência sobre o perfil de saúde da população nos grandes centros urbanos brasileiros é uma realidade e tem sido incorporado na agenda das ações de saúde. Embora o crescimento dos crimes contra a vida seja sentido por toda a população, a sua distribuição pela cidade ocorre de modo desigual. Nesse contexto, ferramentas de análise que permitam produzir uma avaliação do risco de homicídio e de sua distribuição espacial potencializam os meios de vigilância e prevenção. Este artigo oferece uma contribuição nessa direção. Uma metodologia geoestatística é empregada para a estimação e mapeamento do risco de homicídio, sob o enfoque de um novo estimador de semivariograma, e tem sua aplicação avaliada na cidade de São Paulo, Brasil, para o período de 2002 a 2004. Cenários para o risco de homicídio são gerados com base na co-krigeagem binomial e de procedimentos de simulação estocástica, possibilitando a delimitação de áreas com maior ou menor risco, que podem ser usados para estudar condicionantes espaciais da violência e auxiliar para um melhor entendimento dos problemas por meio da análise de suas diferenças ao longo dos territórios das cidades.

Keywords : Homicídio; Análise Espacial; Medição de Risco.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese