SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número11Prevalência de fatores de risco cardiovascular em adolescentesEstudo de fatores de risco para óbitos de menores de um ano mediante compartilhamento de bancos de dados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

LEIMANN, Beatriz Consuelo Quinet  e  KOIFMAN, Rosalina Jorge. Meningite criptocócica no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1994 a 2004. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.11, pp.2582-2592. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2008001100013.

Este artigo objetivou determinar o perfil epidemiológico da meningite criptocócica no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1994 a 2004. Um total de 696 casos novos foi registrado, representando uma taxa de incidência média anual de 0,45 casos por 100 mil habitantes. Houve predominância do sexo masculino, a média de idade foi de 35,9 anos, a AIDS foi praticamente a única enfermidade preexistente registrada, estando presente em 61,2% do total de pacientes, e a letalidade foi de 51,8%. No período estudado, a taxa de incidência manteve-se estável. A AIDS ainda é a principal condição predisponente e, assim, o perfil da maioria dos pacientes acompanha o daqueles infectados pelo HIV. A avaliação de outras doenças preexistentes ficou prejudicada pela falta de informação.

Palavras-chave : Meningite Criptocócica; Taxa de Incidência; Vigilância Epidemiológica.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons