SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número10Imagem-objetivo para a descentralização da vigilância sanitária em nível municipalInterações entre antidepressivos e medicamentos e anti-hipertensivos e hipo-glicemiantes em pacientes do Programa HIPERDIA em Coronel Fabriciano, Minas Gerais, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

FAJARDO, Sirlei; AERTS, Denise Rangel Ganzo de Castro  e  BASSANESI, Sérgio Luiz. Acurácia da equipe do Sistema de Informações sobre Mortalidade na seleção da causa básica do óbito em capital no Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2009, vol.25, n.10, pp.2218-2228. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2009001000012.

Estudo transversal com o objetivo de analisar a qualidade do preenchimento da causa básica do óbito pelo médico e a acurácia da equipe do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, na sua seleção. Com amostragem sistemática, foram investigados 950 óbitos hospitalares. Uma Declaração de Óbito (DO) nova foi preenchida com dados coletados nos prontuários hospitalares e comparada com a DO original e DO do SIM quanto à causa básica. Houve discordância entre DO original e DO nova em 16,1%: 12,4% com troca de capítulo e 3,7% com mudança dentro do mesmo capítulo/CID-10. Das 103 DO originais com erro, 64,1% foram identificadas pelo SIM. Entre as corretamente preenchidas, 195 foram selecionadas pelo SIM como tendo problemas. Das 261 selecionadas e investigadas pelo SIM, houve concordância na modificação da causa básica entre SIM e pesquisa em 76,8% dos casos e perda de oportunidade de qualificação em 23,2%. Entre as 198 DO não modificadas, 5,1% deveriam ter sido e 94,9% foram mantidas corretamente. A sensibilidade do SIM na identificação de problemas com a causa básica foi de 64,1% e a especificidade de 75,5%.

Palavras-chave : Causa Básica de Morte; Atestado de Óbito; Mortalidade; Sistemas de Informação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons