SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número8Avaliação dos serviços de urgência e emergência da rede hospitalar de referência no Nordeste BrasileiroConhecimento materno em sobrevivência infantil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de; CORDEIRO, Braian Alves; RECH, Cassiano Ricardo  e  PETROSKI, Edio Luiz. Sensibilidade e especificidade do índice de massa corporal no diagnóstico de sobrepeso/obesidade em idosos. Cad. Saúde Pública [online]. 2010, vol.26, n.8, pp.1519-1527. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2010000800006.

O objetivo foi verificar a sensibilidade e especificidade dos pontos de corte do índice de massa corporal (IMC) propostos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Nutrition Screening Initiative (NSI) no diagnóstico da obesidade em idosos. O estudo foi realizado com 180 idosos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. O percentual de gordura corporal foi mensurado por absortometria radiológica de dupla energia. O IMC da NSI apresenta melhores valores de sensibilidade e especificidade para homens (73,7% e 72,5% respectivamente). Para os homens o IMC de 25kg/m2 apresentou elevada sensibilidade (94,7%) e baixa especificidade (40%), enquanto o IMC de 30kg/m2 possui baixa sensibilidade (31,6%) e elevada especificidade (97,5%). Nas mulheres, o IMC de 25kg/m2 (sensibilidade de 76,3% e especificidade de 100%) foi o mais acurado. O ponto de corte da OMS mostrou sensibilidade muito baixa (28,9%). Os resultados desta investigação permitem concluir que os pontos de corte propostos pela OMS e NSI não são bons indicadores de sobrepeso/obesidade para idosos de ambos os sexos.

Palavras-chave : Índice de Massa Corporal; Sensibilidade e Especificidade; Sobrepeso; Obesidade; Idoso.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons