SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue4Weight gain rate in early childhood and overweight in children 5-11 years old in Salvador, Bahia State, BrazilCharacteristics of hospital admissions in the Unified National Health System for osteoporotic hip fracture in elderly people in Brazil, 2006-2008 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MILANESI, Rafaela; CAREGNATO, Rita Catalina Aquino  and  WACHHOLZ, Neiva Isabel Raffo. Pandemia de Influenza A (H1N1): mudança nos hábitos de saúde da população, Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil, 2010. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.4, pp. 723-732. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000400011.

Conhecer os hábitos de saúde da população de um Município do Rio Grande do Sul, Brasil, antes, durante e após a pandemia de Influenza A (H1N1) foi o objetivo desta pesquisa exploratório-descritiva quantitativa, realizada em Cachoeira do Sul, entre 5 de janeiro de 2010 e 26 de fevereiro de 2010; população 11.100 inscritos no guia telefônico; amostra 519 entrevistados (4,7%); dados coletados por entrevista telefônica. Perfil: faixa etária 18-90 anos; 55,3% mulheres; 22,7% tinham ensino superior e 39,9% ensino médio. Frequências em que foram mantidas as atitudes de saúde após a pandemia: 74% higienizavam frequentemente as mãos com água/sabão e 39,2% com álcool gel; 94,6% cobriam a face ao espirrar/tossir; 45,5% lavavam as mãos após tossir/espirrar; 60,9% evitavam tocar mucosas de olhos, nariz e boca; 21% evitavam aglomerações; 85,7% procuraram manter ambientes ventilados. Durante a pandemia os entrevistados incorporaram bons hábitos em todas as medidas analisadas, que foram mantidas em graus variáveis mesmo depois de transcorridos sete meses do evento.

Keywords : Vírus da Influenza A Subtipo H1N1; Pandemias; Hábitos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese