SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número6Bem-estar psicológico de jovens de 18 a 24 anos: fatores associadosContexto familiar e incidência de cárie dentária em pré-escolares residentes em áreas do Estratégia Saúde da Família em Salvador, Bahia, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

LEAL, Vanessa Sá et al. Excesso de peso em crianças e adolescentes no Estado de Pernambuco, Brasil: prevalência e determinantes. Cad. Saúde Pública [online]. 2012, vol.28, n.6, pp.1175-1182. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012000600016.

Este estudo objetivou verificar a prevalência e os determinantes do excesso ponderal em crianças e adolescentes de Pernambuco, Brasil, no ano de 2006. Com delineamento transversal e de base populacional, a pesquisa incluiu 1.435 indivíduos de 5-19 anos. A análise de regressão múltipla hierarquizada com seleção hierarquizada foi utilizada para avaliar a associação de variáveis explanatórias sobre o excesso ponderal. A prevalência de excesso de peso foi de 13,3% (IC95%: 11,6-15,1), sendo 9,5% de sobrepeso e 3,8% de obesidade. As razões de prevalências ajustadas evidenciaram que maiores renda familiar e escolaridade materna, posse de bens de consumo, residência em área urbana e o excesso de peso materno estiveram entre os determinantes do excesso ponderal. A magnitude da prevalência do excesso ponderal em todo o Estado de Pernambuco demonstra a necessidade de ações de saúde pública voltadas à unidade familiar, independentemente do segmento social.

Palavras-chave : Sobrepeso; Obesidade; Criança; Adolescente.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons