SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Composição corporal e índice de massa corporal em amostra probabilística de adultos de Niterói, Rio de Janeiro, BrasilTendência secular da taxa de baixo peso ao nascer nas capitais brasileiras de 1996 a 2010 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

GIBSON, Gerusa et al. Da atenção primária à hospitalização: sinais clínicos de alarme para dengue grave em crianças e adolescentes durante uma epidemia no Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2013, vol.29, n.1, pp.82-90. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2013000100010.

Foram avaliados fatores associados à ocorrência de casos graves de dengue em crianças/adolescentes hospitalizados durante a epidemia de 2007/2008 no Rio de Janeiro, Brasil. Trata-se de estudo caso-controle retrospectivo com 88 casos graves de dengue, admitidos em quatro hospitais de atenção terciária infantil. Os controles foram 22 crianças com dengue não grave residentes na vizinhança dos casos. Foram observadas diferenças na prevalência de sinais clínicos - dor abdominal, dificuldade respiratória, sonolência/irritabilidade - a partir do terceiro dia do início dos sintomas, ainda na presença da febre. Casos e controles receberam o primeiro atendimento médico no mesmo estágio clínico da doença. Contudo, as hospitalizações dos casos graves ocorreram mais tardiamente, em média entre o terceiro e quarto dia da doença. A liberação precoce de pacientes com quadro febril e potencialmente graves pode ter sido consequência do atendimento médico prestado nas unidades de atenção primária, sugerindo deficiências na aplicação do protocolo de classificação de risco de dengue e triagem de pacientes.

Palavras-chave : Dengue; Epidemias; Sinais e Sintomas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons