SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Fatores associados à prevalência de lesões bucais e à realização do autoexame bucal em adultos jovens de uma coorte de nascidos vivos do Sul do BrasilTentativas de suicídio: fatores prognósticos e estimativa do excesso de mortalidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311X

Resumo

MADEIRA, Marina Cordeiro et al. Atividade física no deslocamento em adultos e idosos do Brasil: prevalências e fatores associados. Cad. Saúde Pública [online]. 2013, vol.29, n.1, pp.165-174. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/S0102-311X2013000100019.

Evidências na literatura mostram que a atividade física no deslocamento pode contribuir positivamente à saúde. O presente trabalho descreve a atividade física no deslocamento e alguns fatores associados. Foi realizado um estudo transversal de base populacional com amostra de 12.402 adultos e 6.624 idosos em 100 municípios de 23 estados brasileiros. O desfecho foi operacionalizado pela seção de deslocamento da versão longa do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). A prevalência de atividade física insuficiente no deslocamento (< 150 minutos por semana) foi de 66,6% nos adultos e 73,9% nos idosos. Entre os idosos, aqueles mais velhos apresentaram risco 25 vezes maior de serem insuficientemente ativos em comparação aos mais jovens. Indivíduos com a cor da pele declarada "branca" foram menos ativos no deslocamento. Os resultados mostram que a prevalência de atividade física no deslocamento no Brasil é baixa, e que estimular o deslocamento ativo pode ser uma estratégia para o aumento dos níveis de atividade física geral e melhoria da saúde.

Palavras-chave : Atividade Motora; Adulto; Idoso.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons