SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue8Spatial analysis of counting data with excess zeros applied to the study of dengue incidence in Campinas, São Paulo State, BrazilProspective study on tooth loss in a cohort of dentate elderly author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos de Saúde Pública

On-line version ISSN 1678-4464

Abstract

SENICATO, Caroline; LIMA, Margareth Guimarães  and  BARROS, Marilisa Berti de Azevedo. Ser trabalhadora remunerada ou dona de casa associa-se à qualidade de vida relacionada à saúde?. Cad. Saúde Pública [online]. 2016, vol.32, n.8, e00085415.  Epub Aug 08, 2016. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00085415.

Considerando que não há estudos brasileiros que avaliem a relação entre a inserção no mercado de trabalho e a qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS) de mulheres, objetivou-se com a presente pesquisa verificar se existe associação entre ter ou não trabalho remunerado e a QVRS das mulheres, e, se o estrato socioeconômico modifica esta associação. Trata-se de estudo transversal de base populacional com amostra de 668 mulheres de 18 a 64 anos do Inquérito de Saúde de Campinas (ISACamp 2008/2009), utilizando-se o SF-36 para avaliar a QVRS. Ser dona de casa esteve associado à pior QVRS, sobretudo nos aspectos mentais, mas esta associação é modificada pelo nível socioeconômico. Nos segmentos de intermediária e baixa escolaridade e renda familiar, as donas de casa apresentaram pior QVRS que as trabalhadoras remuneradas, mas não houve diferença entre os dois segmentos nos estratos de alta escolaridade e renda. A pior QVRS das donas de casa enfatiza a importância de políticas públicas que visem a ampliar as oportunidades de inserção da mulher no mercado de trabalho e de acesso à educação.

Keywords : Qualidade de Vida; Trabalho Feminino; Saúde da Mulher.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )