SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5Rede intersetorial do Programa Saúde na Escola: sujeitos, percepções e práticasHospitalização nos primeiros anos de vida e desenvolvimento de transtornos psiquiátricos com 6 e 11 anos de idade: um estudo de coorte de nascimentos no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

MOREIRA, Naiara Ferraz et al. Peso e altura autorreferidos são medidas válidas para determinar o estado nutricional: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS 2013). Cad. Saúde Pública [online]. 2018, vol.34, n.5, e00063917.  Epub 10-Maio-2018. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/0102-311x00063917.

As medidas autorreferidas têm sido utilizadas em alguns inquéritos epidemiológicos para obter informações sobre peso e altura. A validação dessas informações é necessária para garantir a qualidade dos dados. Este estudo avaliou a validade do peso e altura autorreferidos para determinar o nível de peso corporal. Os dados foram obtidos da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), um inquérito domiciliar com abrangência nacional, realizado em 2013. Na PNS, 40.366 indivíduos (idade ≥ 18 anos) forneceram dados autorreferidos sobre peso e altura. O teste t de Student foi usado para verificar as diferenças entre os dados autorreferidos e os diretamente mensurados. A concordância entre as medidas foi obtida pelo coeficiente de correlação intraclasse (CCI) e pelo método de Bland-Altman. Para avaliar as categorizações de peso corporal, foram utilizados o coeficiente kappa ponderado e a concordância exata. Foram estimadas a sensibilidade e a especificidade dos dados autorreferidos na classificação dos indivíduos com sobrepeso e obesidade. Houve alta concordância entre peso, altura e índice de massa corporal auto-referidos e os mesmos indicadores medidos diretamente (CCI > 0,88). As médias de concordância estimadas pelo método de Bland-Altman foram 99,6% para peso e 100,6% para altura. O coeficiente kappa ponderado mostrou concordância substancial entre as categorias de peso corporal (> 0,66); a concordância exata era 77%. A sensibilidade e especificidade para sobrepeso (83% e 87,5%, respectivamente) e obesidade (73,4% e 96,7%, respectivamente) foram consideradas altas para as características sociodemográficas avaliadas. De acordo com nossos resultados, o peso e altura autorreferidos podem ser utilizados com cautela, enquanto alternativas válidas para determinar o nível de peso corporal.

Palavras-chave : Autorrelato; Antropometria; Inquéritos de Saúde; Reprodutibilidade dos Testes.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )