SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5O status social subjetivo é uma medida sumária da posição socioeconômica ao longo da vida?A vida das mulheres na era do Zika: vidas controladas por mosquitos? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0102-311Xversão On-line ISSN 1678-4464

Resumo

GUEDES, Gilvan Ramalho et al. Dando significado ao vírus Zika: heterogeneidade nas representações sociais do vírus de acordo com a história de infecção. Cad. Saúde Pública [online]. 2018, vol.34, n.5, e00003217.  Epub 07-Jun-2018. ISSN 0102-311X.  https://doi.org/10.1590/0102-311x00003217.

Apesar de amplamente noticiadas pela grande mídia, muitas das consequências negativas do vírus Zika foram menos significativas em relação às previsões originais. É provável que depois de alguns meses de epidemia, a experiência pessoal com o vírus já tenha alterado a maneira individual de lidar com a doença. Este estudo explora a relação entre a exposição ao vírus Zika e as representações sociais da epidemia. Mais especificamente, analisamos se o aumento da exposição ao risco de infecção pelo vírus Zika altera as características da teia de significados em torno da epidemia. Entre agosto e novembro de 2016, foram realizadas 150 entrevistas no Município de Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil. Com base na técnica do Teste de Associação de Palavras, os dados de citações relacionadas ao vírus Zika foram modelados através da análise de redes sociais, permitindo a caracterização da teia de significados de acordo com o nível de exposição ao risco de infecção. A análise feita aqui sugere que pessoas que nunca foram infectadas por qualquer vírus transmitido pelo Aedes aegypti têm uma representação menos completa, incorporando informações da mídia através do pensamento leigo. Ao contrário daquelas com baixos níveis de exposição, a representação social feita por pessoas infectadas com o vírus Zika está associada aos significados relacionados aos sintomas mais comuns, como dor, exantema e prurido. A experiência pessoal parece moldar a representação social da doença, aumentando o foco nas consequências mais próximas. As campanhas públicas para promover o comportamento preventivo devem levar em conta a heterogeneidade das representações dessa epidemia para poder melhorar a aderência.

Palavras-chave : Zika Vírus; Assunção de Riscos; Apoio Social.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )