SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Biologia reprodutiva de Passiflora capsularis L. e P. pohlii Mast. (Decaloba, Passifloraceae)Morfologia e anatomia de minas foliares em duas espécies de Commelinaceae Commelina diffusa Burm. f. e Floscopa glabrata (Kunth) Hassk) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Botanica Brasilica

versão impressa ISSN 0102-3306

Resumo

ZUCHIWSCHI, Elaine; FANTINI, Alfredo Celso; ALVES, Antonio Carlos  e  PERONI, Nivaldo. Limitações ao uso de espécies florestais nativas pode contribuir com a erosão do conhecimento ecológico tradicional e local de agricultores familiares. Acta Bot. Bras. [online]. 2010, vol.24, n.1, pp.270-282. ISSN 0102-3306.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062010000100029.

O conhecimento ecológico tradicional ou local é construído a partir da relação contínua de humanos com o meio ambiente, principalmente pelo uso cotidiano das espécies. O abandono do uso, por sua vez, pode provocar perda desse tipo de conhecimento, o que freqüentemente decorre de mudanças no modo de vida. Neste trabalho buscou-se avaliar o conhecimento e o uso efetivo, atual e passado, de espécies vegetais das Florestas Estacional Decidual e Ombrófila Mista por agricultores familiares da região Oeste de Santa Catarina. Os métodos de coleta e análise de dados basearam-se numa integração de métodos qualitativos e quantitativos em Etnobotânica. Os resultados revelaram que esses agricultores possuem um amplo conhecimento a respeito das espécies florestais nativas da região e seu uso efetivo atual se destina ao autoconsumo nas unidades de produção, destacando-se a dependência do uso como lenha. No entanto, os usos madeireiros têm sido reduzidos nos últimos anos devido, principalmente, a limitações ao acesso legal às espécies florestais nativas. Agricultores com mais de 40 anos citaram uma riqueza maior de espécies, com uma distribuição mais equitativa dela, do que aqueles com menos de 40 anos. Houve também atenuação na correlação entre conhecimento e uso atual de espécies entre os mais jovens. Os dados sugerem que existe um processo gradual de perda das condições de transmissão do conhecimento tradicional local com risco de erosão do conhecimento acumulado.

Palavras-chave : etnobotânica quantitativa; agricultura familiar; Floresta Estacional Decidual; legislação florestal; Mata Atlântica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons