SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Limitações ao uso de espécies florestais nativas pode contribuir com a erosão do conhecimento ecológico tradicional e local de agricultores familiaresTriphora uniflora A. C. Ferreira, Baptista & Pansarin (Orchidaceae: Triphoreae): uma nova espécie e primeiro registro do gênero Triphora Nutt. para o estado de São Paulo, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google
  • uBio

Compartilhar


Acta Botanica Brasilica

versão impressa ISSN 0102-3306

Resumo

ELB, Paula Maria; MELO-DE-PINNA, Gladys Flávia  e  MENEZES, Nanuza Luiza de. Morfologia e anatomia de minas foliares em duas espécies de Commelinaceae Commelina diffusa Burm. f. e Floscopa glabrata (Kunth) Hassk). Acta Bot. Bras. [online]. 2010, vol.24, n.1, pp.283-287. ISSN 0102-3306.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062010000100030.

Existem poucos relatos na literatura sobre anatomia de plantas parasitadas por agentes minadores, os quais promovem escavações ou caminhos através do consumo dos tecidos internos das plantas por larvas de diversos insetos. A proposta deste trabalho foi analisar anatomicamente a ocorrência de minas foliares em Commelina diffusa (planta cosmopolita) e Floscopa glabrata (planta anfíbia) causadas por espécies de larvas endofitófagas de dípteros, pertencentes a duas famílias: Agromyzidae e Chironomidae. O local onde as plantas foram coletas está sujeito a inundações sazonais, e as duas espécies foram submetidas às mesmas condições climáticas. Em Commelina diffusa foram encontradas larvas da família Agromyzidae e, em Floscopa glabrata observaram-se três exuvias cefálicas de Chironomidae. Os dados anatômicos revelaram que os minadores se alimentaram apenas dos tecidos parenquimáticos do mesofilo, formando minas lineares. Além disso, notou-se que a epiderme e as unidades vasculares de porte médio foram mantidos intactos em ambas as espécies, não apresentando alterações estruturais, como a neoformação de tecidos.

Palavras-chave : anatomia vegetal; minadores; planta anfíbia; Chironomidae; Agromyzidae.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons