SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue4Use of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) to promote the growth of sugar apple seedlings (Annona squamosa L. Annonaceae)Effects of leaf herbivory on the bromeliad Aechmea blanchetiana: a study of selective feeding by the scraper Acentroptera pulchella author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Botanica Brasilica

Print version ISSN 0102-3306

Abstract

MELLO, Catarina Maria Aragão de et al. Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em área de Caatinga, PE, Brasil. Acta Bot. Bras. [online]. 2012, vol.26, n.4, pp.938-943. ISSN 0102-3306.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062012000400023.

O objetivo deste trabalho foi o de determinar a infectividade, a riqueza de FMA e a condição micorrízica da vegetação em área de Caatinga não antropizada. Coleta de solo e raízes foi realizada em Triunfo/PE. Raízes foram examinadas para determinação da colonização micorrízica. O número mais provável (NMP) de propágulos infectivos de FMA foi estimado por diluições sucessivas do solo e a utilização de milho (Zea mays L.) como planta isca. Glomerosporos foram quantificados e preparados em lâminas, para identificação das espécies. As plantas apresentaram-se pouco colonizadas (média < 10%) e o número de glomerosporos foi baixo (< 1 glomerosporo g-1 de solo), como registrado em outras áreas de Caatinga. O NMP de propágulos de FMA variou entre 64 e 70 cm-3 solo, indicando a importância dos outros propágulos (além dos glomerosporos) na dispersão dos FMA. Foram registrados 16 táxons de FMA, dos gêneros Acaulospora, Entrophospora, Gigaspora, Glomus, Kuklospora, Pacispora e Paraglomus; Glomus foi o mais representativo (sete espécies). Pacispora boliviana está sendo relatada pela primeira vez no Brasil. Os elevados teores de P na área provavelmente contribuiram para os baixos valores de colonização, infectividade e riqueza de FMA na área estudada. Confirma-se que os FMA são comuns em solos do semiárido brasileiro, com espécies de Glomus predominando nesse ambiente.

Keywords : Glomeromycota; Ocorrência; Semiárido.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License