SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número2Cricotireoidotomia modificada: opção para remoção das secreções traqueobrônquicasCusto-efetividade de programa de educação para adultos asmáticos atendidos em hospital-escola de instituição pública índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal de Pneumologia

versão impressa ISSN 0102-3586versão On-line ISSN 1678-4642

Resumo

RODRIGUES, SÉRGIO LEITE; VIEGAS, CARLOS ALBERTO DE ASSIS  e  LIMA, TEREZINHA. Efetividade da reabilitação pulmonar como tratamento coadjuvante da doença pulmonar obstrutiva crônica. J. Pneumologia [online]. 2002, vol.28, n.2, pp.65-70. ISSN 0102-3586.  https://doi.org/10.1590/S0102-35862002000200002.

Introdução: O paciente portador de DPOC diminui sua atividade física global devido a piora progressiva da função pulmonar como conseqüência de qualquer forma de esforço físico por ele realizado. A reabilitação pulmonar (RP) é utilizada nos EUA e Europa como alternativa terapêutica no tratamento da DPOC. Objetivo: Avaliar a efetividade do programa de RP como tratamento coadjuvante da DPOC. Pacientes e métodos: 30 pacientes prospectivamente submetidos ao programa de RP desenvolvido em seis semanas com freqüência semanal de três sessões. A avaliação compôs-se da história clínica e exame físico completos, do teste de caminhada de seis minutos, do teste de carga máxima sustentada pelos MMSS, do teste de potência máxima de MMII, do questionário de percepção de esforço físico e espirometria e gasometria. Resultados: No que se refere às variáveis espirométricas e gasométricas pré e pós-programa de RP, não houve alterações estatisticamente significativas (p > 0,05). Observaram-se diferenças estatisticamente significativas (p < 0,05) nos períodos pré e pós-programa de RP em relação à diminuição da percepção do esforço físico e aumento da capacidade física funcional, do teste de carga máxima para MMSS e testes incrementais de MMII. Conclusões: Para o grupo estudado, os autores concluem que o programa de RP aumentou a sua capacidade física, carga máxima sustentada pelos MMSS e não alterou as variáveis espirométricas e gasométricas.

Palavras-chave : Reabilitação; Condutas terapêuticas; Pneumopatias obstrutivas; Resultado de tratamento; Terapia por exercícios.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons