SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue11-12Evaluation of elbow flexion strength after arthroscopic long head biceps tenotomyMicrovascular evaluation of the supraspinatus tendon borders in rotator cuff lesions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ortopedia

Print version ISSN 0102-3616

Abstract

OLIVEIRA, Liszt Palmeira de; PENTEADO, Luiz Otávio Sampaio; CARVALHO, Jorge José de  and  MESQUITA, Karlos Celso de. Efeitos da sinvastatina na hipertrofia lipídica da medula óssea induzida pelo uso de corticóides em ratos. Rev. bras. ortop. [online]. 2007, vol.42, n.11-12, pp. 373-381. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162007001100005.

OBJETIVOS: Avaliar o efeito do uso da sinvastatina (SV) sobre a área da medula ocupada por adipócitos (AMOA) na cabeça femoral de ratos com hipertrofia lipídica induzida pelo uso de hidrocortisona (HC). MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos (Rattus norvegicus albinus), machos, da linhagem Wistar, distribuídos em cinco grupos, cada um contendo oito animais, de acordo com a medicação administrada diariamente por 14 dias: HC (25mg), HC (25mg) + SV, HC (1mg), HC (1mg) + SV e soro fisiológico (SF). Foram realizadas dosagens séricas de triglicerídeos (TRI), colesterol total (COL), aspartato aminotransferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT), antes e depois do tratamento. A AMOA da cabeça femoral foi determinada por morfometria. RESULTADOS: Os grupos foram semelhantes no início do experimento, com relação aos valores séricos de TRI, COL, AST e ALT. Os animais em que foi administrado HC apresentaram maior AMOA, quando comparados com os que receberam SF (p < 0,0001), e elevação estatisticamente significativa nas dosagens séricas de TRI e COL. A AMOA foi maior nos grupos HC do que nos HC + SV (p < 0,0001). No grupo HC (1mg) + SV, não houve diferença significativa na AMOA, quando comparado com o SF (p = 0,5047), nem nos valores séricos de TRI (p = 0,1907) e COL (p = 0,4480), depois do tratamento. Nos animais que receberam HC (25mg) + SV, houve diferença significativa na AMOA, quando comparados com os do grupo SF (p < 0,0001), e nas medidas séricas de TRI (p = 0,0044) e COL (p = 0,0025), depois do tratamento. Todos os grupos apresentaram elevação dos níveis séricos de AST e ALT. O uso de HC se relacionou à maior área ocupada por adipócitos na medula óssea da cabeça femoral, diretamente proporcional à dose administrada. Esse efeito se reduziu com o uso de sinvastatina. CONCLUSÃO: O efeito da sinvastatina na redução da intensidade do aumento do conteúdo lipídico da medula óssea induzida pelo uso de HC foi significativo, sendo mais consistente no grupo tratado com baixas doses de HC.

Keywords : Corticosteróides; Sinvastatina; Inibidores de hidroximetilglutaril-CoA redutases; Medula óssea [efeito de drogas].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese