SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue4Correlation between avascular necrosis and early stabilization of proximal femoral fractures in childhoodRadiographic assessment of the opening wedge proximal tibial osteotomy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ortopedia

Print version ISSN 0102-3616

Abstract

GARRIDO, Carlos Antônio  and  SAMPAIO, Tania Clarete Fonseca Vieira Sales. Uso da biocerâmica no preenchimento de falhas ósseas. Rev. bras. ortop. [online]. 2010, vol.45, n.4, pp. 433-438. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162010000400016.

OBJETIVO: Apresentar os resultados encontrados com o uso da biocerâmica no preenchimento das falhas ósseas decorrentes de lesões traumáticas ou ortopédicas. MÉTODO: Foram avaliados 36 pacientes, portadores de falhas ósseas de etiologia pós-traumática ou ortopédica, 19 pacientes do sexo masculino (52,8%) e 17 do sexo feminino (47,2%). A idade variou de 19 a 84 anos, com média de 45,7 anos e mediana de 37 anos. Foram incluídos apenas os pacientes com falhas que necessitaram, no mínimo, cinco gramas de biocerâmica. Foram classificadas como ortopédicas o total de 18 casos; as falhas ósseas observadas nas revisões de artroplastias totais do quadril, 11 casos; artroplastia total do quadril, primária, por coxartrose, um caso; osteotomias de fêmur ou tíbia de cunha aberta, cinco casos, e artrodese do tarso, um caso. Como falhas pós-traumática, 18 casos; as pseudoartroses não infectadas, oito casos; fraturas recentes do planalto tibial com compressão do osso esponjoso, três casos; fraturas expostas tratadas com fixadores externos, sete casos. A técnica cirúrgica utilizada foi o de curetar e desbridar a lesão até se encontrar osso de aspecto viável a enxertia, a seguir utilizou-se a biocerâmica para preenchimento da falha e algum tipo de fixação. RESULTADO: Dos 36 pacientes avaliados, observou-se que 35 (97,2%) apresentaram integração da biocerâmica, um caso de fratura exposta tratada com fixador externo apresentou integração deficiente da biocerâmica. CONCLUSÃO: O tratamento de falhas ósseas de etiologia pós-traumática ou ortopédica, com o uso da cerâmica fosfocálcica composta de hidroxiapatita, se revelou um método prático, eficaz e seguro.

Keywords : Osso e ossos [lesões]; Materiais biocompatíveis; Cerâmica; Durapatita.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese