SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue3Evaluation of the results from arthroscopic repair on rotator cuff injuries among patients under 50 years of ageSurface arthroplasty for treating primary and/or secondary shoulder osteoarthrosis by means of the HemiCAP-Arthrosurface® system author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Ortopedia

Print version ISSN 0102-3616

Abstract

CARRAZZONE, Oreste Lemos et al. Prevalência das lesões associadas na luxação recidivante traumática do ombro. Rev. bras. ortop. [online]. 2011, vol.46, n.3, pp. 281-287. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162011000300009.

OBJETIVO: Avaliar a prevalência das lesões associadas à instabilidade anterior traumática do ombro e a relação entre o número de episódios e o tempo do início dos sintomas com a prevalência destas lesões. MÉTODO: Foram selecionados 57 pacientes com instabilidade anterior traumática do ombro, entre 18 e 40 anos, com mais de um episódio de luxação do ombro e com no mínimo, seis meses da primeira luxação, que necessitaram de cirurgia para tratamento da instabilidade. Foi realizada inspeção artroscópica em todos os pacientes para avaliação das lesões associadas. RESULTADOS: Foi avaliada a prevalência das lesões, sendo a lesão de Bankart a mais prevalente seguida pela lesão de Hill-Sachs e as lesões do manguito rotador as menos prevalentes. Não houve correlação comparando o número de episódios de luxação com a prevalência de lesões associadas. Já em relação ao tempo de sintomas, os pacientes com maior tempo de sintomas tiveram menos lesão de Hill-Sachs. CONCLUSÃO: Não foi possível afirmar que, em pacientes com instabilidade crônica do ombro, as lesões associadas aumentam com o tempo de sintomas ou com o número de episódios de luxação.

Keywords : Luxação do Ombro; complicações; Instabilidade Articular; complicações; Artroscopia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese