SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 número5Avaliação das complicações do tratamento cirúrgico das fraturas da extremidade proximal do úmero com "placa bloqueada"Lesão do bíceps distal: avaliação funcional e dinamometria digital da sua reconstrução pela técnica da minidupla via de mayo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ortopedia

versão impressa ISSN 0102-3616

Resumo

SONI, Jamil Faissal et al. Fraturas instáveis do fêmur em crianças tratadas com hastes intramedulares elásticas de titânio. Rev. bras. ortop. [online]. 2012, vol.47, n.5, pp.575-580. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162012000500006.

OBJETIVO: Avaliar as indicações, epidemiologia, lesões associadas, complicações e prognóstico das fraturas diafisárias instáveis do fêmur na criança tratadas com hastes intramedulares elásticas de titânio. MÉTODO: Estudo retrospectivo composto por 24 pacientes com fraturas diafisárias instáveis do fêmur com idade entre cinco e 12 anos, submetidos a tratamento cirúrgico com hastes intramedulares elásticas de titânio no Hospital Universitário Cajuru - Curitiba, PR. Pacientes atendidos no período de abril de 2002 a março de 2008, com seguimento mínimo de 36 meses, submetidos à avaliação de dados epidemiológicos, desvios angulares, encurtamento e consolidação óssea. RESULTADOS: Foram reavaliados os prontuários de 113 casos operados de abril de 2002 a março de 2008, destes, incluídos no estudo 24 casos com fraturas de fêmur diafisárias instáveis tratadas com hastes intramedulares elásticas de titânio com inserção retrógrada. Apresentando duas fraturas bilaterais, duas fraturas expostas, sete pacientes do sexo feminino e 17 masculinos, com idade média de 8,3 anos. Apresentaram, ao final do estudo: encurtamento, desvios em varo ou valgo, retrocurvato ou antecurvato final igual a zero, não havendo ainda presença de retardo de consolidação ou pseudartrose. CONCLUSÕES: As hastes intramedulares elásticas de titânio são de fácil colocação e remoção. Consideramos a utilização das hastes intramedulares elásticas de titânio uma boa opção para a fixação de fraturas instáveis do fêmur em crianças.

Palavras-chave : Fixação de Fratura; Fraturas do Fêmur [complicação]; Fixação Intramedular de Fraturas; Fixadores Internos; Dispositivos de Fixação Ortopédica; Titânio; Criança.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons