SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue1Giant-cell tumor: analysis on the importance of early diagnosis and the epidemiological profileMesenchymal stromal cells from bone marrow treated with bovine tendon extract acquire the phenotype of mature tenocytes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ortopedia

Print version ISSN 0102-3616On-line version ISSN 1982-4378

Abstract

RIBAK, Samuel et al. Emprego do enxerto do nervo fibular superficial para tratamento de lesões de nervos periféricos. Rev. bras. ortop. [online]. 2016, vol.51, n.1, pp.63-69. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rboe.2015.04.010.

OBJETIVO:

Avaliar resultados clínicos do tratamento das lesões crônicas de nervos periféricos com o nervo fibular superficial como fonte doadora de enxerto.

MÉTODOS:

Estudo de 11 pacientes com lesões de nervos periféricos nos membros superiores tratados com enxerto do ramo sensitivo do nervo fibular superficial, com intervalo médio de 93 dias entre a data de registro da lesão e a cirurgia. Foram observadas lesões do nervo ulnar em oito pacientes e do nervo mediano em seis. Em três ambos os nervos foram lesados. Na cirurgia faz-se incisão longitudinal na face anterolateral no tornozelo, visualiza-se o nervo fibular superficial, situado anteriormente ao músculo extensor longo dos artelhos. Proximalmente disseca-se a fáscia profunda entre os músculos extensor longo dos artelhos e o fibular longo. A seguir, identifica-se o ramo motor do músculo fibular curto, um dos ramos do nervo fibular superficial. O limite proximal do ramo sensitivo encontra-se nesse ponto.

RESULTADOS:

A média do espaço entre os cotos nervosos foi de 3,8 cm, comprimento médio dos enxertos de 16,44 cm, número de segmentos usados de dois a quatro cabos. Na avaliação da recuperação da sensibilidade, 27,2% evoluíram para S2+, 54,5% para S3 e 18,1% para S3+. Quanto à recuperação motora, 72,7% apresentavam grau 4 e 27,2%, grau 3. Não houve déficit motor da área doadora, observou-se déficit sensitivo na região dorso lateral do tornozelo e dorsal do pé. Nenhum paciente apresentou queixas à deambulação.

CONCLUSÕES:

O uso do nervo fibular superficial no tratamento das lesões de nervos periféricos como fonte de enxerto é seguro e proporciona resultados clínicos semelhantes a outras fontes de enxerto de nervos.

Keywords : Nervos periféricos; Nervo/transplante; Neuropatias fibulares.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )