SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número3Reparo direto das lesões distais crônicas do tendão bicipitalParalisia obstétrica: liberação artroscópica anterior do ombro e transferência do grande dorsal com enxerto homólogo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ortopedia

versão impressa ISSN 0102-3616versão On-line ISSN 1982-4378

Resumo

CHUEIRE, Alceu José Fornari Gomes; CARVALHO FILHO, Guaracy; KOBAYASHI, Otto Yosuke  e  CARRENHO, Leonardo. Tratamento do pé torto congênito pelo método de Ponseti. Rev. bras. ortop. [online]. 2016, vol.51, n.3, pp.313-318. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rboe.2015.06.020.

OBJETIVO:

Analisar quantitativa e qualitativamente os resultados do tratamento do pé torto congênito com seguimento médio de 4,6 anos.

MÉTODOS:

Foram analisados 26 pacientes que fizeram tratamento pelo método de Ponseti, total de 39 pés. A média da idade do início do tratamento foi 5,65 meses. O tempo de seguimento após a tenotomia do tendão de Aquiles foi em média de 4,6 anos. Foram excluídos pacientes com pé torto secundário. Foram analisados dados epidemiológicos e mensurações radiográficas do ângulo de Kite e aplicados questionário de satisfação e questionário de Laaveg.

RESULTADOS:

Dos 26 pacientes tratados, um apresentou recidiva da deformidade, foi necessário retornar ao início do tratamento. A pontuação média do questionário e do exame físico foi de 89,76, resultado considerado bom; 99% dos pacientes responderam que os pés nunca doem ou doem somente aos grandes esforços; 88% responderam que o pé não limita as atividades; 96% responderam que estão muito satisfeitos ou satisfeitos com os resultados do tratamento. A média do ângulo de Kite na incidência anteroposterior foi de 28,14° e no perfil 26,11°.

CONCLUSÃO:

O tratamento para pé torto congênito idiopático pelo método Ponseti é o que traz melhores resultados associado a menor lesão de partes moles, o que confirma a eficácia e a boa reprodutibilidade do método.

Palavras-chave : Pé torto; Deformidades congênitas das extremidades inferiores; Manipulação ortopédica; Resultado do tratamento.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )