SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número3Tratamento do pé torto congênito pelo método de PonsetiLuxação do quadril na paralisia cerebral: a evolução do lado contralateral após cirurgia reconstrutiva índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ortopedia

versão impressa ISSN 0102-3616versão On-line ISSN 1982-4378

Resumo

MIYAZAKI, Alberto Naoki et al. Paralisia obstétrica: liberação artroscópica anterior do ombro e transferência do grande dorsal com enxerto homólogo. Rev. bras. ortop. [online]. 2016, vol.51, n.3, pp.319-328. ISSN 0102-3616.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rboe.2016.04.004.

OBJETIVOS:

Descrição de uma nova técnica cirúrgica para o tratamento de ombro de pacientes com sequela de paralisia obstétrica. Análise preliminar dos resultados obtidos com essa técnica.

MÉTODOS:

Cinco pacientes consecutivos foram submetidos ao tratamento cirúrgico proposto, que envolve a liberação articular anterior por via artroscópica, seguida da transferência do tendão do músculo grande dorsal (alongado e reforçado com enxerto tendíneo homólogo) para a porção póstero-superior do tubérculo maior, com o uso de uma única via delto-peitoral. Todos foram reavaliados após um período pós-operatório mínimo de 12 meses. A avaliação da função baseou-se na amplitude de movimento e na classificação modificada de Mallet. A pequena casuística não permitiu análises estatísticas.

RESULTADOS:

De forma geral, as rotações laterais passiva e ativa melhoraram, enquanto a rotação medial piorou. Os outros movimentos (elevação, capacidade de colocação da mão na boca e capacidade de colocação da mão na nuca) tiveram evolução menos consistente. A média do escore de Mallet modificado melhorou 4,2 pontos (de 11,4 para 15,6).

CONCLUSÃO:

O tendão do músculo grande dorsal pode ser transferido para a porção póstero-superior do tubérculo maior por meio de uma única via delto-peitoral, quando alongado e reforçado com enxerto tendíneo homólogo.

Palavras-chave : Paralisia obstétrica; Neuropatias do plexo braquial; Transferência tendinosa; Transplante homólogo; Ombro; Artroscopia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )