SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1Instructions and inequity between reinforcers: effects spon competitive behaviorWhat to do when the heart presses? The marriage dynamics after infarct author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Teoria e Pesquisa

Print version ISSN 0102-3772

Abstract

RIGOTTO, Simone Demore  and  GOMES, William B.. Contextos de abstinência e de recaída na recuperação da dependência química. Psic.: Teor. e Pesq. [online]. 2002, vol.18, n.1, pp. 95-106. ISSN 0102-3772.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722002000100011.

Foram entrevistados nove homens e três mulheres, residentes na região da cidade de Caxias do Sul - RS, todos diagnosticados como dependentes de substâncias, segundo critérios do DSM-IV, para que descrevessem suas experiências de abstinência e recaída nas tentativas de recuperação da dependência química. A análise qualitativa das entrevistas orientou-se pelos movimentos reflexivos de descrição, redução e interpretação fenomenológica. A experiência da abstinência foi atribuída aos seguintes constituintes e contextos experienciais: consciência do problema aditivo por parte do dependente, resgate de vínculos familiares, recomposição de auto-estima, afastamento de ambientes favorecedores da adição, e envolvimento em práticas religiosas. A ausência dos constituintes e contextos identificados na experiência de abstinência caracterizou a manutenção do consumo. Os elos experienciais interpretados como essenciais à experiência de abstinência foram as redes interpessoais de apoio - constituídas por profissionais, familiares e novos amigos - e o envolvimento como colaboradores na recuperação de outros dependentes químicos.

Keywords : drogas; dependência; abstinência; recaída; fenomenologia existencial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese